Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

"Barroco Italiano"

Vivaldi e Scarlatti representam a mais alta expressão do estilo e da

A Grande Música

No AR em 17/06/2012 - 07:30

O cravista Roberto de ReginaO período barroco é uma das fases mais exuberantes da arte italiana. A pintura, a arquitetura e a escultura revelam artistas que são a mais alta expressão do estilo e da época. Na música também se encontram compositores absolutamente fundamentais no barroco italiano, como os dois exemplos que se seguem.

Domenico Scarlatti escreveu mais de quinhentas sonatas para cravo. O cravista Roberto de Regina gravou várias delas e deu nomes a essas obras, uma prática usual na história da música, de acordo com alguma característica técnica ou com o sentido musical sugerido pela escuta: D. Scarlatti – Sonata L463 “Tempo de Baile”, Roberto de Regina, cravo; D. Scarlatti – Sonata L104 “A Caça”, Roberto de Regina, cravo.

Vivaldi é o nome maior do barroco italiano. Entre suas obras, a mais popular é As Quatro Estações. Integra o ciclo que ele chamou de "Il Cimento dell'Armonia e de l'Invenzione". Aqui ele explora uma série de recursos que são os fundamentos da expressão musical da época: do violino solista às diferentes combinações instrumentais e formas dos concertos barrocos: A Vivaldi - “As Quatro Estações”, solista: Felipe Prazeres, violino, Orquestra Petrobras Sinfônica, regente Carlos Prazeres.
 




Produção executiva: Cristina Maluhy
Direção e edição: Gustavo Borjalo
Apresentação e direção geral: José Schiller

Criado em 11/06/2012 - 18:23 e atualizado em 23/07/2012 - 15:35

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí