Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Especial Jackson do Pandeiro

Antenize celebra o centenário do "rei do ritmo"

Antenize

No AR em 31/08/2019 - 21:30

Esta edição especial do Antenize homenageia o centenário do paraibano Jackson do Pandeiro. A apresentadora Karina Cardoso, junto à equipe do programa, foi à Paraíba para participar do Festival de Artes Jackson do Pandeiro, em João Pessoa. Lá, conversou com os diretores do filme recém-lançado “Jackson, na Batida do Pandeiro”, Marcus Vilar e Cacá Teixeira. Também entrevistou o autor do livro “Jackson do Pandeiro: O rei do ritmo”, Fernando Moura, que falou sobre a vida do cantor e as histórias que compuseram a obra.

Antenize desembarcou na Paraíba para contar a história dos 100 anos de Jackson do Pandeiro
Antenize desembarcou na Paraíba para conferir o Festival de Artes Jackson do Pandeiro - Divulgação/TV Brasil

Karina Cardoso aproveitou a data comemorativa para percorrer outras cidades do estado a fim de contar a história do artista. Na cidade natal de Jackson, Alagoa Grande, a apresentadora conversou com o secretário de Cultura e Turismo da cidade, Marcelo Félix, e com um intérprete de Jackson, o artista local Isaías Vicente. O programa mostra como a história de um dos maiores compositores do Brasil influencia até hoje a cultura e o cotidiano do local por meio de um museu em homenagem a seu filho mais ilustre.

Karina Cardoso entrevista os cineastas Marcus Vilar e Cacá Teixeira
Karina Cardoso entrevista os cineastas Marcus Vilar e Cacá Teixeira - Divulgação/TV Brasil

Em Campina Grande, nossa equipe visitou o Museu de Arte Popular da Paraíba, última obra do arquiteto Oscar Niemeyer, também conhecido como Museu dos Três Pandeiros. O espaço está com uma mostra especial a Jackson do Pandeiro. Um dos curadores da exposição, Sandrinho Dupan apresentou objetos pessoais do músico, contando peculiaridades de sua vida.

Karina Cardoso bate um papo com o escritor Fernando Moura
Karina Cardoso bate um papo com o escritor Fernando Moura - Divulgação/TV Brasil

O Festival de Artes Jackson do Pandeiro contemplou 13 diferentes pólos onde dezenas de atividades foram realizadas entre teatro, cinema, oficinas, dança, literatura, artes visuais, cultura popular e muita música. Entre os artistas que participaram da homenagem estão Lenine e Margareth Menezes. O evento ocorreu entre os dias 25 e 28 de julho no Espaço Cultural José Lins do Rêgo, na capital paraibana, e foi realizado pela Funesc - Fundação Espaço Cultural da Paraíba. Nossa equipe viajou à convite da fundação.  

Rei do ritmo

Jackson do Pandeiro nasceu em 31 de agosto de 1919. Dono de um talento extraordinário e reconhecido pelos maiores nomes da MPB, Jackson é considerado um dos maiores percussionistas que o país já teve, além de ter sido grande cantor e compositor. Teve suas canções regravadas por artistas como Gilberto Gil, Gal Costa, Alceu Valença, Zé Ramalho, Elba Ramalho e teve sua canção “Chiclete com Banana” sendo uma inspiração para a mistura da música brasileira com outros ritmos internacionais. Foi um artista autodidata, que trabalhou em rádios de João Pessoa e Recife. Ali, teve contato com outros ritmos como blues, jazz, tango, samba e baião. Em pouco tempo já se apresentava artisticamente como Jack do Pandeiro. Gravou mais de 400 músicas, já teve sua história retratada por filmes e livros, e ainda hoje é um dos grandes nomes da cultura popular brasileira. Faleceu aos 62 anos em 1982, em Brasília (DF).   

Criado em 27/08/2019 - 16:20

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí