Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Base Nacional Comum Curricular em debate

Brasilianas discute modelos pedagógicos em que o aprendizado se baseia

Brasilianas.org

No AR em 23/02/2016 - 02:00

Foto: Arquivo Agência Brasil.O Ministério da Educação abriu a discussão da Base Nacional Comum Curricular (BNC) para participação pública. O instrumento visa estabelecer uma base curricular mínima, para um sistema de ensino básico e fundamental mais uniforme no país.

Hoje, estados e municípios têm seu próprio método de ensino. Com isso, não é possível estabelecer, em nível nacional, padrões mínimos do conteúdo que o aluno estuda em cada ano. Por exemplo, em que série do ensino médio a equação de segundo grau deve ser ensinada? Ou que tipo de formação histórica é necessária para a formação do jovem?

A BNC deve ser entregue em março. Com ela, o MEC quer fixar um conteúdo mínimo de 60% em escala nacional, enquanto que 40% do método de ensino ficará a cargo das políticas públicas de cada estado e município.

Este Brasilianas.org ainda aborda os métodos pedagógicos que ensinam teoria junto com prática, quando alunos são envolvidos em projetos que reúnem diversas áreas, adquirindo um conhecimento multidisciplinar.

O debate conta com a participação da Lisete Arelaro, que é diretora da Faculdade de Educação da USP, Ricardo Falzetta, gerente de conteúdo movimento Todos Pela Educação e Maria Teresa Mesquita de Paula, pedagoga responsável pela Escola Criativa Idade

Matérias apesentam os desafios para implantação da BNC e trazem entrevistas com o coordenador-geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara, e com o professor da Mackenzie Ivo Pons, um dos responsáveis pelo Design Possível, ONG que ensina design a pessoas comuns, envolvendo-as em projetos importantes para sua comunidade.

 




Criado em 18/02/2016 - 17:15 e atualizado em 15/03/2016 - 10:03

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí