Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Brilhante F.C. estreia na TV Brasil no dia 23 de maio

Time de futebol feminino adolescente é fio condutor da história

Brilhante F.C.

No AR em 23/05/2011 - 22:00

BFC_23

Cinco meninas em torno de uma paixão: jogar futebol. Este é o fio condutor do enredo da minissérie Brilhante Futebol Clube, que estreia na TV Brasil na segunda (23), às 19h. Produzida pela Mixer, a nova série de teledramaturgia destinada ao público jovem conta a história de cinco adolescentes que decidem formar o primeiro time de futebol feminino de uma cidade do interior de Minas Gerais.

Lideradas por Rita, elas vão enfrentar dificuldades, brigas e ciúmes na jornada até participarem do Campeonato Regional de Futebol Feminino. "A Rita está na fase de transição da adolescência, com muitas dúvidas e se descobrindo ainda. Ela tem uma paixão enorme pelo futebol e, junto com quatro amigas, monta um time. É ali que acontece a união delas, uma válvula de escape", explica a atriz Priscila Lima, que interpreta a protagonista.

Rita, Jessy, Formiga, Raquel e Giovana vivem as descobertas, as dúvidas e os medos típicos da adolescência. No futebol, encontram uma nova maneira de lidar com esses conflitos: o time vira parte fundamental de suas vidas, transformando completamente o jeito que lidam com o mundo. Dirigidos por Kiko Ribeiro, Luís Pinheiro e Zaracla, os 13 episódios abordam assuntos como o primeiro amor, a difícil relação com os pais, as responsabilidades e as irresponsabilidades dos jovens. "A juventude precisa da sensação de pertencimento e o Brilhante fala um pouco disso. Conta a trajetória dessas meninas que estão tentando encontrar seu lugar dentro do universo delas", explica Kiko.

Filmada, durante quatro meses, em Santa Rita do Sapucaí (MG), a série agitou a cidade que acompanhou de perto as gravações e vivenciou as conquistas e os conflitos de Rita e seu time. "A gente traz o interior do Brasil pouco retratado na TV. Vamos falar sobre o jovem brasileiro e seus conflitos. Por isso esperamos que o público se identifique", revela Juliana Capelini, produtora executiva.

Para servir de set de filmagem, a produção teve que criar uma certa infraestrutura na cidade, o que movimentou a economia local. Foram gerados empregos diretos e indiretos como a contratação de 102 técnicos e profissionais do mercado, 24 atores e 547 figurantes.

No primeiro episódio, Rita tenta conquistar seu sonho que é jogar futebol. Mas ninguém leva seu desejo a sério. Quando surge a oportunidade de disputar um torneio de futebol feminino, ela decide montar um time e enfrentar o mundo à sua volta.
Horário: segundas, às 19h




Ultimas

O que vem por aí