Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Da ira à esperança

Quem nunca se irritou? Quem, ao menos uma vez na vida não se exprimiu

Café Filosófico

No AR em 04/10/2015 - 00:30


“Alguns sábios afirmaram que a ira é uma loucura breve; por não se controlar a si mesma, perde a compostura, esquece as suas obrigações, persegue os seus intentos de forma obstinada e ansiosa, recusa os conselhos da razão… incapaz de discernir o que é justo e verdadeiro, semelhante às ruínas que se abatem sobre quem as derruba.”

Nas reflexões de Sêneca, filósofo grego da antiguidade, a ira transforma o ser em fera. Portanto, segundo ele, “o melhor remédio para a ira é fazer uma pausa (…) Ela (a ira) desaparece se tiver que esperar”. Mas quem nunca se irritou? E quantas vezes jogamos a culpa no outro por nossa ira? Estamos sempre dizendo: o outro me deixou com raiva, alguma coisa me irritou... A culpa é sempre de algo que está fora de nós. Mas a ira é algo que brota dentro de nós. Neste programa, o padre jesuíta Carlos Alberto Contieri conduz uma reflexão sobre a ira, também como uma forma de nos conduzir à esperança.

Padre Contieri é sacerdote jesuíta. Tem graduação em filosofia e teologia e pós-graduação em exegese bíblica. estudou em roma, bélgica e jerusalém, e foi professor de exegese no Centro de Estudos Superiores da Companhia de Jesus, em Belo Horizonte, na PUC Campinas e no Mosteiro de S. Bento, em São Paulo. É membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo. Atualmente, é diretor do Pateo do Collegio e do Museu de Arte Sacra dos Jesuítas, em Embu das Artes.

Café filosófico Cpfl.
Módulo: os 7 prazeres capitais – pecados e virtudes hoje.
Curadoria: Leandro Karnal.
Tema: da ira à esperança.

 




Ultimas

O que vem por aí

Samba na Gamboa - Nando Cunha e Alan Rocha

Samba na Gamboa | ter, 22h15*

O samba em espetáculos musicais

Caminhos da Reportagem mostra os efeitos que o álcool causa no corpo

Caminhos da Reportagem | qui, 22h

Alcoolismo: do caos à recuperação