Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Caminhos da Reportagem investiga avanços da oncologia

Programa traz entrevista exclusiva com ganhador do Nobel da Medicina

Nos últimos anos, os avanços da oncologia revolucionaram a forma de tratar o câncer. O programa Caminhos da Reportagem que vai ao ar nesta terça (18), às 22h30, na TV Brasil, mostra que as conquistas da medicina têm permitido afastar a ideia de que o diagnóstico da doença é uma sentença de morte, trazendo a cura para muitos tipos de tumores.

Em 2018, dois pesquisadores ganharam o Prêmio Nobel de Medicina por seus estudos com a imunoterapia, um tratamento inovador que usa o próprio sistema imunológico do indivíduo para combater os tumores. Com a evolução da pesquisa ligada ao sequenciamento do genoma humano, uma nova perspectiva foi aberta nos ramos da oncogenética e da oncologia de precisão, com testes e terapias personalizados para cada paciente.

Em entrevista exclusiva para a equipe do programa, Tasuku Honjo, pesquisador japonês premiado com o Nobel, fala diretamente de Quioto, no Japão, sobre as vantagens da imunoterapia em relação aos tratamentos tradicionais. “Primeiro, a imunoterapia tem muito menos efeitos colaterais. A segunda vantagem é que o seu efeito dura mais tempo. Em terceiro lugar, esse tratamento é eficaz em praticamente todos os tipos de câncer”, enumera.

Para ele, a imunoterapia será a principal droga para o tratamento de câncer no futuro: “Exatamente como aconteceu com a penicilina. Inicialmente ela não curou todas as doenças infecciosas, porém uma série subsequente de antibióticos finalmente conseguiu banir quase todas as principais doenças infecciosas na nossa sociedade. É isso que espero”.

A imunoterapia foi a última alternativa no tratamento do jornalista David Coimbra, que descobriu um câncer no rim já com metástase para os ossos. “O médico disse: olha, se tudo der certo, você tem mais cinco anos no máximo”, lembra ele durante a entrevista para o Caminhos da Reportagem. O prazo já passou e os tumores de David regrediram graças à terapia, que ele teve acesso ao ser selecionado para participar de um estudo clínico em Boston, nos Estados Unidos.

No caso de Dayane Sant’Anna, funcionária pública, a melhor alternativa apontada pelos médicos foi uma cirurgia preventiva, como a realizada pela atriz Angelina Jolie, em 2013. Um mapeamento genético mostrou que Dayane possui a mesma mutação da estrela de Hollywood, que aumenta em 87% a chance de desenvolver câncer de mama.

Após curar um tumor, ela se prepara para enfrentar uma mastectomia bilateral para afastar de vez a doença. “Quando a gente se dá conta da finitude, a gente percebe que ou a gente aproveita isso agora ou a gente não sabe o dia de amanhã”, conta Dayane à equipe do programa.   

O Caminhos da Reportagem mostra ainda que a aposta dos médicos é que a ciência caminha para descobrir novas formas de prevenção e tratamentos menos invasivos, que permitam ao paciente conviver com a doença. “Eu acho que nesse dia vai ser difícil morrer de câncer. É uma doença vinculada à evolução da espécie, nunca vai desaparecer o câncer da nossa vida. Mas que a gente pode derrotá-lo? Ah, pode”, aposta Bernardo Garicochea, especialista da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica.  

Sobre o programa

Produção jornalística semanal da TV Brasil, o Caminhos da Reportagem leva o telespectador para uma viagem pelo país e pelo mundo atrás de grandes histórias, com uma visão diferente, instigante e complexa de cada um dos assuntos escolhidos.

Temas atuais e polêmicos são tratados com profundidade e seriedade pela equipe da emissora pública. Premiado, o programa é reconhecido como uma das principais atrações jornalísticas do país.

No ar às terças, às 22h30, o Caminhos da Reportagem tem horário alternativo na TV Brasil aos domingos, às 18h30.

Serviço
Caminhos da Reportagem – terça-feira, dia 18/06, às 22h30, na TV Brasil
Caminhos da Reportagem – domingo, dia 23/06, às 18h30, na TV Brasil

Da Gerência de Comunicação Institucional
Empresa Brasil de Comunicação - EBC
Contato: (21) 2117-6471 / (21) 2117-6239

Criado em 14/06/2019 - 15:45 e atualizado em 14/06/2019 - 15:45

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Ultimas

O que vem por aí

50 anos depois, a lua ainda fascina

Caminhos da Reportagem | terça, 22h30

O grande salto: 50 anos do homem na lua