Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Caminhos da Reportagem investiga situação de venezuelanos em Paracaima

Conheça a história de homens e mulheres que deixaram tudo para trás

Na quinta (13), às 21h45, o Caminhos da Reportagem conta a história de venezuelanos que vieram para o Brasil em busca de melhores condições de vida. O programa revela os impactos que a imigração em massa tem causado a municípios de Roraima, especialmente Pacaraima e Boa Vista.

Desemprego, falta de alimentos, escassez de insumos hospitalares, alta inflação provocam a saída constante de cidadãos da Venezuela. Os destinos procurados são Colômbia, Peru, Equador e Brasil. Desde 2015, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), mais de dois milhões de venezuelanos deixaram seu país. O processo migratório se intensificou e o Brasil chegou a receber, em média, 500 venezuelanos por dia.

No dia 18 de agosto, um dia depois que o comerciante brasileiro Raimundo Nonato de Oliveira foi espancado e roubado ao chegar em sua casa, em Pacaraima (RR), a cidade se transformou em um cenário de guerra entre brasileiros e venezuelanos. O estopim foi a falsa notícia de que ele havia falecido.

Dias após esse confronto, a equipe do Caminhos da Reportagem esteve em Pacaraima e em Boa Vista, a fim de contar a história de homens e mulheres que deixaram tudo para trás e vieram ao Brasil em busca de emprego, alimento e assistência médica.

O programa mostra como a população brasileira lida com a entrada constante de estrangeiros e, ainda, os desafios e as ações governamentais e de ONGs para organizar questões de documentação, pedidos de refúgio e de vistos temporários, abrigos e o processo de interiorização dos venezuelanos.

Serviço:
Caminhos da Reportagem – “Pacaraima, terra dividida”
Quinta-feira, 13 de setembro, às 21h45, na TV Brasil.
Inédito. 60 min.

 

Da Gerência de Comunicação Institucional
Empresa Brasil de Comunicação - EBC
Contato: (21) 2117-6818

Ultimas

O que vem por aí