Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Cem anos de jazz, o improviso mais longo da história

Reflexões e descobertas do ritmo que completa um século

Caminhos da Reportagem

No AR em 31/08/2017 - 22:00

Esta edição do Caminhos da Reportagem homenageia o jazz, som que atravessa um século de transformações, com duas guerras mundiais, o racismo nos Estados Unidos, a criação do Be Bop e variações mais intimistas da música, o cinema na era do jazz, o retorno ao Lindy Hop (dança de jazz) nas ruas de São Paulo. Mesmo cem anos depois, a reportagem mostra que é possível descobrir curiosidades sobre a música que veio do blues. 

Julie Dexter, cantora britânica de jazz
Julie Dexter, cantora britânica de jazz - Divulgação

Uma banda de músicos brancos foi a primeira a gravar um disco com o gênero musical criado pelos negros americanos, em 1917. Afinal, por que o trompestista Freddie Kepaard recusou o convite da Victor Talk Machine para gravar o que seria o primeiro disco?

“Se não tem nenhum negro no primeiro disco de jazz, alguma coisa está errada”, analisa o musicólogo e jornalista Zuza Homem de Mello.

All of Jazz, bar especializado no ritmo em SP
All of Jazz, bar especializado no ritmo em SP - Divulgação

O programa levanta algumas questões, como: os músicos vivem de jazz? Como uma baterista e uma baixista enfrentaram o preconceito para substituir colegas numa banda? Julie Dexter canta e fala em Atlanta sobre as influências na carreira, e uma escola de "swing dance" dá uma aula de história e… dança.

Não perca! O Caminhos da Reportagem vai ao ar toda quinta-feira, às 22h, na TV Brasil.

Repórter Sarah Quines dançando o lindy hop
Repórter Sarah Quines dançando o lindy hop - Divulgação


Ficha técnica

Reportagem: Sarah Quines
Produção: Aline Beckstein, Paula Abritta, Thaís Rosa, Henrique Cruz (estagiário) e Caio Araújo (apoio à produção)
Correspondente Atlanta/EUA: Leandra Felipe
Imagens: Alexandre Nascimento, Jefferson Pastori, João Marcos Barboza e Leandra Felipe
Auxílio técnico: Caio Araújo, Leandro de Oliveira e Rafael de Carvalho
Edição de imagens: Maikon Matuyama e Rodrigo Botosso
Roteiro e direção: Bianca Vasconcellos

Ultimas

O que vem por aí