Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Peregrinos de Anchieta

Conheça a jornada de fé dos devotos de São José de Anchieta

Caminhos da Reportagem

No AR em 05/10/2017 - 22:00

Esta edição do Caminhos da Reportagem acompanha a jornada feita por peregrinos de todo o país. Numa caminhada de fé que dura quatro dias, uma multidão percorre 100km em busca de autoconhecimento, religiosidade e transformação. O percurso feito entre as cidades capixabas de Vitória e Anchieta refaz a trilha percorrida pelo jesuíta José de Anchieta. O padre que virou santo e tem muitos milagres atribuídos a ele foi beatificado pelo Papa João Paulo II e canonizado pelo Papa Francisco. No cinema, teve sua vida e obra interpretadas por Ney Latorraca no filme “Anchieta, José do Brasil”.

Peregrinos caminham em frente ao Palácio Anchieta
Peregrinos caminham em frente ao Palácio Anchieta - Divulgação

O caminho de Anchieta, que já dura 20 anos, recebe a cada ano um número maior de devotos. Nessa jornada cheia de histórias, os peregrinos passam por locais importantes, como o Convento da Penha, maior símbolo religioso do Espírito Santo. Deparam-se também com o Palácio Anchieta, antigo Colégio Santiago, onde São José deu aula. Ali está o túmulo simbólico do padre. 

Os caminhantes também desfrutam de belas paisagens, trilhas em parques estaduais, restingas e praias do litoral. Têm a chance de conhecer parte das tradições e culturas locais, como o Congo, que faz parte dos saberes tradicionais e é considerado patrimônio imaterial com a sua dança, música e canto.

Henrique Rangel faz a rota vestido de Anchieta
Henrique Rangel faz a rota vestido de Anchieta - Divulgação

Ainda pelo caminho, na cidade de Guarapari, os peregrinos podem aproveitar os poderes terapêuticos das areias da praia. Por fim, já no município de Anchieta, antiga aldeia de Reritiba, a qual o jesuíta fundou para catequizar os índios da região, os devotos podem entrar em contato com a história que continua guardada num santuário no coração da cidade. Quem visita o santuário pode conhecer a cela, o quarto e as relíquias que pertenceram ao religioso, inclusive um pedaço da tíbia, osso da perna de São José de Anchieta. Foi ali que o padre viveu em seus últimos dez anos de vida.

O Santuário Nacional de Anchieta é o ponto final da peregrinação. As dificuldades do percurso impedem que algumas pessoas consigam completar todo o trajeto. Mas, aos que concluem todos os passos, ficam os ensinamentos de fé, de solidariedade e do modo de vida daquele que foi um exemplo de religiosidade e devoção.

Convento da Penha, maior símbolo religioso do ES
Convento da Penha, maior símbolo religioso do ES - Divulgação

Ficha Técnica
Realização: TVE-ES
Reportagem: Bruno Faustino
Imagens: Alex Miranda
Drone: Fred Loureiro
Auxílio técnico: Márcio Júlio Magalhães e Sebastião Carlos Fulador
Produção: Bruno Faustino e Gracielly Bittencourt
Edição de texto: Thelmo Scarpine
Edição de imagens e finalização: Carlos Barbieri e Bruno Faustino
Eequipe TV Brasil-SP: Aline Beckstein, João Marcos Barbosa e Leandro de Oliveira
Equipe TV Brasil-RJ: Alessandra Lago e João Victal

Tags:  anchieta

Ultimas

O que vem por aí