Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Bambas de berço - Samba na Gamboa

Chamadas

No AR em 07/11/2012 - 00:00

Sambistas natos, Arlindinho Neto e Juninho Thybau mostram que o talento supera a influência de suas raízes

http://tvbrasil.ebc.com.br/sambanagamboa/episodio/bambas-de-berco

 

 

Arlindinho Neto, Diogo Nogueira e Juninho ThybauNesta semana, o Samba na Gamboa mostra que bamba que é bamba já vem de berço, como os convidados Arlindo Neto, filho de Arlindo Cruz, e Juninho Thybau, sobrinho de Zeca Pagodinho. Eles seguem os passos dos grandes sambistas da família e trilham seus próprios caminhos no mundo do samba, como o próprio anfitrião Diogo Nogueira.

“É difícil pra gente carregar o fardo de ser parente, sabe como é. Todo mundo acha que foi fácil para mim, mas nunca foi fácil nada pra mim, mesmo sendo sobrinho. Se você for em qualquer roda de samba do Rio de Janeiro, vão te dizer que o Juninho Thybau já passou por lá. Então a gente sofreu um bocado, a gente suou um pouquinho, né?”, comenta Thybau.

“Muitos vão no meu show imaginando ver um show parecido com o do meu pai, mas em alguns lugares eu já tenho público que consome a música que eu acredito, o som que eu acredito. Mas não tem como não cantar músicas do meu pai. Eu tenho um nome, a cor é parecida. Eu só sou um pouco mais bonito”, brinca Arlindinho Neto.

No repertório, composições dos dois como A Vitória demora mas vem e Meu caminho, além de grandes sucessos de Zeca Pagodinho Arlindo Cruz como Se eu for falar de tristeza Camarão que dorme a onda leva.




Criado em 05/11/2012 - 16:10 e atualizado em 06/11/2012 - 17:29

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí