Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Beijo no Asfalto

Drama revela o preconceito de uma sociedade marcada pela falta de

Ciclos de Cinema

No AR em 30/10/2015 - 02:45

Tarcício Meira interpreta Arandir.Um homem é atropelado por um ônibus na rua e cai no asfalto. Arandir, que a tudo assiste, corre para acudir a vítima, debruça-se sobre ele e lhe dá um beijo na boca. Seu gesto é logo interpretado por um repórter da imprensa sensacionalista, Amado Pinheiro, como manifestação de homossexualismo.

Arandir, revoltado, pois sua atitude foi apenas de solidariedade humana, perde o emprego, é acusado pelo sogro Aprígio, que tenta convencer a filha de que seu casamento é uma farsa. Aprígio, que sempre rejeitou o genro, tem agora a oportunidade de expulsá-lo da vida da filha. Somente Dália, a cunhada apaixonada por Arandir, acredita em sua verdade.

O beijo vira manchete de jornal e o noticiário é alimentado pelo repórter Amado, cuja estreita ligação com o delegado Cunha leva o caso à esfera policial forjam a versão de que Arandir e o morto já se conheciam e, inclusive, eram amantes. Arandir é obrigado a fugir da polícia.

Baseado na peça de teatro homônima do dramaturgo Nelson Rodrigues, o filme dirigido por Bruno Barreto.

Ano: 1980.

Gênero: drama

Direção: Bruno Barreto

Elenco: Tarcísio Meira, Ney Latorraca, Lídia Brondi, Christiane Torlone, Daniel Filho e Pedro Paulo Rangel

Classificação Indicativa: 14 anos

80 min

 




Criado em 09/04/2014 - 16:02 e atualizado em 23/10/2015 - 19:31

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí