Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

"O cinema documentário ainda é muito subestimado", afirma Deise Hauenstein

A diretora defende a importância do gênero no Curta em Cena

O programa Curta em Cena conversa com Deise Hauenstein, diretora do documentário de curta-metragem "Madrepérola". Em menos de 15 minutos, a obra faz uma reflexão sobre os padrões estéticos impostos pela sociedade.

A diretora lamenta que, no Brasil, o cinema de curta-metragem, principalmente o documentário, não seja tão reconhecido quanto as ficções de longa-metragem. Para Hauenstein esta desvalorização está ligada à ideia de que a produção de um curta-metragem é vista, muitas vezes, por ser um formato menor, como algo que exige menos tempo e equipe para a sua produção.

"Acho que avaliar os filmes pelo tamanho de produção é muito errado. Se for por isso, a gente acaba vendo filmes muito caros que têm pouco conteúdo, ao invés de filmes que têm uma verba curta mas que têm uma produção muito mais elaborada e muito mais pensada", avalia a cineasta.

Confira a conversa com a diretora Deise Hauenstein no Curta em Cena do dia 3 de outubro.

Ultimas

O que vem por aí