Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Dona Zica

Conheça a trajetória de uma das principais personagens da Mangueira e

Em 1962, juntamente com seu marido Cartola, fundou o bar Zicartola, na rua da Carioca, centro do Rio de Janeiro, freqüentado por muitos sambistas, como Zé Keti, Nelson Sargento, Paulinho da Viola e Nelson Cavaquinho e ainda intelectuais e universitários. Foi Passista e Diretora da Ala das Pastoras da Mangueira.  Durante algum tempo, foi integrante da Velha Guarda da Mangueira. Em 1998, participou do CD "Chico Buarque de Mangueira", produzido pela BMG em homenagem aos compositores da escola, cantando "Capital do samba" (Zé Ramos), além de estar presente na foto ao lado de Chico Buarque e de toda a Velha Guarda.

Em 1999, a escritora Odacy de Brito Silva lançou pela Editora Gráfica Carimbex sua biografia "Dona Zica da Mangueira - na passarela da sua vida". No ano 2000, o Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro produziu o CD "Mangueira - sambas de terreiro e outros sambas", que contou com sua colaboração, rememorando sambas de Cartola e de seus parceiros, assim como de outros compositores da Mangueira que faziam parte do projeto.
 

Conheça Tia Surica, uma das Damas do Samba.




Ultimas

O que vem por aí