Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Ivan Serpa: 90 anos de nascimento

Programa destaca a trajetória deste importante artista plástico

De Lá Pra Cá

No AR em 26/09/2013 - 23:00

Vera Barroso entrevista o poeta Ferreira GullarEsta semana, a TV Brasil reexibe o De Lá Pra Cá que homenageia um artista polivalente: Ivan Serpa. E para destacar a vida e a obra desse pintor, gravurista, desenhista e professor Vera Barroso conversa com o poeta, crítico de artes e redator do manifesto neoconcretista, Ferreira Gullar, e o pesquisador da obra de Ivan Serpa, Hélio Márcio Dias Ferreira.

Ivan Serpa foi um dos melhores artistas plásticos brasileiros da segunda metade do século XX. Era um espírito inqueto e extremamente criativo. A principal característica que marcou a obra do artista foi a inqueitação estética. Fascinado pela simetria e pela geometria, foi através da escola dos concretistas, que Ivan se realizou como artista.

Como professor, ele deu aulas no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e foi o criador dos cursos livres de pintura do MAM. Ivan Serpa teve vários alunos que se tornaram artistas importantes. E também liderou grupos de artistas, como o grupo Frente, que integrou gente como Lygia Clark, Hélio Oiricica, Franz Weisman e outros nomes do movimento construtivista brasileiro.

Ivan Serpa também protagonizou polêmicas. A maior foi com os Concretistas de São Paulo, liderados por Décio Pignatari e os irmãos Harolo e Augusto de Campos. Por causa das discussões teóricas e dos embates intelectuais com o grupo paulista foi que surgiu, no Rio de Janeiro, no final da década de 1950, o movimento neoconcretista.

Além de artista e professor, Ivan Serpa foi um dos maiores agitadores culturais daquela época. Ivan Serpa, vida e obra no De Lá Pra Cá.




Ultimas

O que vem por aí