Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Woody Allen no divã

A lógica criativa do ator, roteirista e cineasta nova-iorquino

Diverso

No AR em 06/05/2017 - 18:00

Ana Lúcia Andrade pesquisa a produção cinematográfica de Woody AllenO universo de criação do diretor nova-iorquino Woody Allen é o tema do Diverso desta semana. Conhecido por filmes que condensam comédia e as questões existenciais mais trágicas, o diretor, ator e roteirista é apresentado tanto por meio de seus cacoetes mais evidentes quanto pela parte da filmografia menos conhecida. Dono de uma obra que beira os 50 longa-metragens, Allen tem suas estratégias e críticas reveladas por estudiosos do cinema, além de uma psicanalista.

A pesquisadora Ana Lúcia Andrade desvela os modos de produção do diretor e analisa forma e conteúdo de películas emblemáticas como os premiados Manhattan e Noivo neurótico, noiva nervosa, e também A Rosa Púrpura do Cairo, O Dorminhoco e Tudo o que Você Sempre Quis Saber sobre Sexo mas Tinha Medo de Perguntar, entre outros.

Ana Lúcia destaca a unicidade da linguagem de cada filme dentro do estilo cunhado por Allen durante sua trajetória. "Nenhum filme é totalmente igual ao outro. Ele não segue um padrão. Tem filmes com uma construção excessivamente teatral, mas usando a câmera como um diferencial", reflete a pesquisadora, que também enfatiza a escancarada presença de metalinguagem e intertextualidades na obra de Allen.

"Ao contrário de outros diretores, que ficam procurando o específico no cinema, ele incorpora todo o tipo de influências, não só de outras mídias mas referências como os irmãos Marx, Bergman e Fellini, misturando isto com o jeito de ele ver o mundo", completa.

Myriam Pessoa Nogueira, que pesquisa as heranças teatrais que Allen incorpora em seu cinema, pontua cenas que marcaram a trajetória do diretor, que começou a carreira no stand up comedy. E com a distância característica de uma terapeuta, Cristiane Barreto analisa o quadro clínico do cineasta e sua maneira de personificar e dar vida a personagens com patologias descritas pelos grandes mestres da psicanálise.





Criado em 23/10/2012 - 17:26 e atualizado em 04/05/2017 - 10:45

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí