Nasci para Bailar

Documentário mostra o encontro do músico João Donato com a música caribenha

Doc Especial - Nasci para Bailar-300x225

A TV Brasil apresenta no domingo (19), à meia noite, o documentário Nasci para Bailar sobre o músico João Donato e seu encontro com a música caribenha. Da cineasta Tetê Moraes, o filme registra uma viagem à Cuba de João Donato e seu trio formado por Robertinho Silva (bateria), Luiz Alves (contrabaixo) e Ricardo Pontes (sax e flauta).

Na ilha do Caribe, o grupo participou do Festival Internacional Jazz Plaza e se encontrou com renomados músicos cubanos como German Velaso (sax) do grupo de Pablo Milanes, Cesar Lopez (sax), Jorge Reyes (contrabaixo), Thommy García (flugelhorn). Maikel Gonzalez (trompete), Edgar Ochoa, Aniel Tamayo, José Angel Blanco e Amado Valdez (oriundo do grupo Buena Vista), respondendo pela famosa percussão cubana com pailas, timbal, congas e até pandeiro.

O filme é um passeio musical pelas ruas, praias, casas, palcos e teatros de Havana e termina, meses depois, em uma apoteótica feijoada na casa do artista, na Urca, Rio de Janeiro, onde ele recebe músicos cubanos para celebrar seu aniversário. Trata-se de um raro momento de diálogo fluente e criativo entre músicos brasileiros e cubanos, através da universalidade da música latino-americana e do jazz.

Nasci para Bailar marca também as celebrações, em 2009, dos 60 anos de carreira de João Donato. Com 54 minutos de duração, o documentário marca também a riqueza e a versatilidade do compositor, maestro e pianista. Ele influenciou e foi influenciado pelos ritmos caribenhos durante os doze anos em que viveu nos Estados Unidos trabalhando com músicos cubanos famosos, a exemplo de Mongo Santamaria e Bebo Valdés, pai do pianista Chucho Valdés, que preside o referido Festival de Jazz.

Com seu inconfundível estilo e balanço, João Donato faz uma alegre e criativa mistura entre a bossa nova, ritmos caribenhos e jazz. Na trilha do documentário estão sucessos como A Rã (com Caetano Veloso), Emoriô e Bananeira (com Gilberto Gil), Amazonas, Café com Pão e Vento no Canavial com Lysias Enio, irmão de Donato e responsável pela direção musical e co-roteirista do filme. E, finalmente, Nasci para Bailar, com Paulo Barata.

O filme foi selecionado no X Festival Internacional de Documentales "Santiago Alvarez in memoriam", de Cuba; no 12º Festival de Cinema Brasileiro de Paris; e no Festival Encontro do cinema da América Latina de Toulouse 2010. Reprise. 53 min.

Título original: Nasci para Bailar. Ano: 2009. Gênero: Documentário. Direção: Tetê Moraes.

Livre

Programas