Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Alimentação

Os jejuns, os sacríficios e tudo o mais ligado ao ato de comer é tema

Entre o Céu e a Terra

No AR em 02/04/2017 - 16:00

Seja através de restrições ou oferendas, de histórias ou de incentivos, a alimentação é central na vida humana e também no cotidiano das religiões. É sobre esse tema que o Entre o Céu e a Terra aborda neste episódio.

A vida se alimenta da morte. Desde os hominídeos que matamos animais ou colhemos frutos e cereais para nos alimentarmos. Uma das hipóteses do estudioso das religiões, o romeno Mircea Eliade (1907-1986), é que o sacrifício de animais com fins religiosos teria surgido nesta tentativa de nos reconciliarmos com a culpa que teríamos de matar animais para nosso sustento. Assim ofereceríamos um animal especial aos deuses na esperança de que nunca nos faltasse o que comer. A oferta de animais é descrita no Velho Testamento, em rituais do Candomblé, entre os indígenas brasileiros e entre outras culturas. Aqui o alimento deixa de nutrir o corpo e passa a cuidar do espírito.

Outro ponto de vista abordado é a participação dos alimentos na mitologia das religiões. A alimentação está presente em dois dos principais eventos do Cristianismo, por exemplo: Adão e Eva ao comerem do fruto proibido, e a Santa Ceia na qual Jesus declara que o pão e o vinho são seu corpo e sangue.

Esse episódio, também, descreverá os hábitos alimentares fomentados pela religião. A identidade religiosa é, muitas vezes, uma identidade alimentar. Os judeus, por exemplo, não comem carne de porco, os hinduístas são vegetarianos, os muçulmanos jejuam no Ramadã etc.




Produção: Realejo Filmes

Direção e produção-executiva: Thomas Miguez

Roteiro: Daniele Ricieri e Michelle Ferreira

Elenco: Clayton Mariano e Ana Carolina Godoy

Criado em 29/03/2017 - 15:07 e atualizado em 03/04/2017 - 11:00

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí