Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

David pede demissão do cargo de Governador na Índia

Luís Bernardo deixa Matilde

Equador

No AR em 05/11/2013 - 01:30

Na Índia, acabam-se as 24 horas e David assume que não lhe resta opção que não seja se demitir. Apesar de incrédula com a decisão do marido, Ann promete ficar a seu lado qualquer que seja a sua decisão.

Em Lisboa, Matilde e Luís Bernardo fazem amor intensamente no hotel. Simultâneamente, no bordel de Maria dos Prazeres, Frederico aguarda por Pilar. Ele quer uma conversa privada com ela, para tentar afastá-la de Antero. Perspicaz, Pilar apresenta-lhe um preço elevado, que o irrita.

Terminado o assunto que o levou a Lisboa, Frederico aproveita para passar pelo hotel e fazer uma surpresa a Matilde. Devido à troca de quartos, é Marta quem o recebe. Ela inventa uma desculpa para ganhar tempo e, assim, avisar Matilde antes que um encontro desagradável aconteça.

Na manhã seguinte, David chama Alister Smith a seu palácio para formalizar sua demissão do cargo de Governador.

Na modista, já depois de Frederico ter partido para Vila Franca, Matilde comenta com Marta os acontecimentos da noite anterior, o convite recebido por Luís Bernardo e de como está ansiosa pelo segundo encontro que acontecerá à noite. Marta mostra-se preocupada com o rumo dos acontecimentos.

Ao mesmo tempo, no escritório da Insular, João ouve o mesmo relato, agora na versão de Luís Bernardo. Ele fica indignado que o amigo esteja se envolvendo com sua prima, numa relação com base no jogo e sedução. Ele sabe que Luis Bernado a magoará e criará uma situação embaraçosa da qual só poderá sair embarcando para S. Tomé. Mas, Luís acredita que João está sendo moralista e recusa liminarmente a hipótese de "fuga" para S. Tomé.

Luís Bernardo manda chamar seu capitão, Valdemar Ascêncio, para que ele fale de S. Tomé e o que ele deve levar para a ilha. O retrato traçado pelo capitão Valdemar Ascêncio supera mesmo as piores expectativas do protagonista.

Na mesma tarde, num dos jardins de Lisboa, Antero surpreende Pilar com uma corrente muito fina de ouro e um pequeno medalhão em forma de coração. Maria dos Prazeres adverte Pilar sobre o final trágico que esta paixão inconsequente pode ter para ela e Antero.


À noite, Antero procura Pilar novamente no bordel e mesmo com todas as tentativas de Maria dos Prazeres para afastá-lo, não o consegue evitar. A sós no quarto, Antero faz uma declaração de amor arrebatadora à prostituta enquanto retira um anel de noivado do bolso.


Quando a noite cai, Luís Bernardo regressa ao hotel para o segundo encontro com Matilde.

De manhã, o vice-rei Lord Curzon convoca David e fala da única saída possível para a sua carreira: aceitar o lugar de cônsul de S. Tomé e Príncipe a pedido urgente do Ministério das Colônias, uma vez que ainda não apareceu ninguém para o lugar.

No decorrer dos acontecimentos, Conde de Arnoso informa ao Rei D. Carlos que Luís Bernardo Valença aceitou o cargo de Governador para S. Tomé e Príncipe e que está pronto para partir dentro de dois meses.

Empurrado pelas circunstâncias, Luís Bernardo conversa com o amigo João e lhe dá razão. Ele caiu na sua própria armadilha, tem que deixar a sua vida em Lisboa, Matilde e partir para S. Tomé. A sua decisão de partir é comunicada a Matilde através de uma carta que lhe é entregue em mãos por um mensageiro. Ao ler a carta de Luís Bernardo, Matilde sente-se profundamente traída e humilhada.

 

 





Criado em 11/10/2011 - 03:00 e atualizado em 11/10/2011 - 03:00

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí