Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

A cultura maker que vem da favela

O Estúdio Móvel recebe as integrantes do projeto Gato Mídia e da Cia

Estúdio Móvel

No AR em 29/09/2016 - 21:30

Integrantes da Cia Marginal falam do espetáculo "Eles não usam tênis naique"

Amplamente conhecido como “faça você mesmo” ou “do it yourself”, a cultura maker é questionada no documentário “Quem são os makers da favela”. Nascido do projeto de Residência em Mídia e Tecnologia: Favelado 2.0 – Construindo Gambiarras para o Futuro, no Complexo do Alemão, ele mostra que o termo que hoje é discutido nos setores de classe média da sociedade, desde sempre fez sentido para o favelado. A ideia está aí: no potencial criativo da favela! E para falar sobre essas gambiarras as integrantes do projeto Gato Mídia.

“Geralmente pensamos a gambiarra por esse lado pejorativo de coisas ilegais. Na verdade a gente queria trazer parte da criatividade do morador de favela. Porque são soluções criativas para resolver problemas como escassez e falta de ação do governo.” conta Thamyra Thâmara, idealizadora do projeto.

No estúdio, Liliane Reis recebe os integrantes da Cia Marginal, Wallace Lino e Phellipe Azevedo. A companhia completa 10 anos em 2016. Com 4 espetáculos na bagagem e em cartaz com o “Eles não usam tênis naique”, o grupo reúne jovens ativistas e em sua grande maioria moradores da Maré. Com as montagens eles falam principalmente de realidades de pessoas excluídas e à margem da sociedade.




Criado em 15/09/2016 - 21:56 e atualizado em 29/09/2016 - 16:55

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí