Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Estúdio Móvel recebe a banda Edgar Scandurra et Les Provocateur

Liliane Reis conversa com três dos nove integrantes da banda, Edgar

Estúdio Móvel

No AR em 26/03/2015 - 05:00

Um grupo de músicos amigos resolveu criar um projeto em homenagem ao compositor e poeta francês Serge Gainsbourg, montaram a banda Edgar Scandurra et Les Provocateur e resolveram trabalhar o repertório desse artista que é considerado uma lenda francesa. Desde 2008 eles tem viajado pelo país com a tarefa de divulgar a obra desse artista. Motivos não faltam para entender porque o grupo escolheu o Serge Gainsbourg para homenagear. Para Edgar, guitarrista e líder da banda, a obra do Serge Gainsbourg “é muito intensa e extensa, complexa e ao mesmo tempo muito variada, com discos de reggae, de rock progressivo, canções românticas triste, engraçadas, tirrando sarro, provocações. É uma obra que, por si só, é um universo musical inteiro que você pode se dedicar a vontade”. Por quase quatro décadas, Serge compôs lindas canções, melodias maravilhosas e sedutoras, impulsionou o pop francês e influenciou diversos artistas pelo mundo afora. O projeto chamou atenção do Arnaldo e Alex Antunes que criaram versões em português e tocam em seus shows. Para conhecer melhor o projeto, o Estúdio Móvel tem o prazer de receber a banda "Edgard Scandurra et Les Provocateurs".

Liliane Reis recebe na varanda da Fundição Progresso no Rio de Janeiro a poeta e atriz Maria Rezende. Ela é, antes de tudo, uma dizedora de poesias. Faz poesia em video, poesia em teatro e poesia em livro. Em 2003 lançou seu primeiro livro, Substantivo Feminino, de lá para cá se apresentou com sua poesia por todo o Brasil. Em 2008 publicou Bendita Palavra, e seis anos depois lança Carne do Umbigo, nesse meio tempo também lançou dois Cds de poesia e foi  colaboradora do site Ornitorrinco. Tudo começou em um curso de Poesia Falada da, também poeta e atriz, Elisa Lucinda e depois de muito declamar (participou de recitais da obra de grandes poetas de língua portuguesa, recebendo elogios de nomes como Manoel de Barros e José Saramago) ela começou a fazer as suas próprias poesias. Hoje, no Estúdio Móvel, a poeta e dizedora de Poesias, Maria Rezende.

Completando o programa, um papo com a atriz Karine Teles. Ela começou a carreira cedo, aos 14 anos de idade com o espetáculo, O despertar da primavera, desde então vem construído uma trajetória admirável. Entre atuações no teatro, cinema e televisão e trabalhos como roteirista e assistente do cineasta Karim AinouzKarina Teles segue trilhando o seu caminho. No programa, ela  fala sobre projetos como o filme Riscado (2012), a peça Carne (2014) e o filme .




Apresentação: Liliane Reis
Direção: Alê Montoro
Produção Executiva: Leonardo Sousa, Luca Bastolla, Mirian Magami, Poliana Guimarães, Vida Oliveira, Felipe Careli
Produção: Kamyla Abreu e Joana Martins
Roteiro: Fernando Mozart, Délcio Teobaldo
Estagiários: Herval Peixoto e Jacqueline Lima
Edição: Isabelle Valente, Rodrigo Morais, Carolina Rodrigues, Marco Machado,  Jean Albernaz

Ultimas

O que vem por aí