Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Krajcberg, o grito da Natureza

Expedições reapresenta entrevista com Frans Krajcberg, em reportagem

Expedições -temporadas anteriores

No AR em 20/10/2012 - 15:30

Frans KrajcbergPaula Saldanha e Roberto Werneck viajam para o Extremo sul da Bahia, região dos manguezais de Nova Viçosa, e visitam Frans Krajcberg. Desde 1972, o artista trabalha incessantemente em seu sítio, Natura, produzindo esculturas impressionantes.

O fascínio pela natureza do Brasil marcam a trajetória do pintor e escultor polonês, naturalizado brasileiro. Krajcberg dedica sua arte à contestação e à denúncia contra a destruição das florestas e a ameaça aos territórios indígenas.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Krajcberg lutou no exército da Polônia. Participou da tomada de Berlim, com os soviéticos. Foi condecorado com a  Medalha da Cidade de Paris. Contudo, no retorno à Polônia, não tinha mais casa e nem família.

Buscou refúgio na Alemanha, onde estudou com grandes mestres. Foi para Paris, capital das artes no século XX. Conheceu Legér e Marc Chagall – que sugeriu que ele migrasse para o Brasil.

Krajcberg chegou ao Brasil em 1948 e se estabeleceu em São Paulo. Na década de 1950, viveu entre Rio de Janeiro, Paris e Ibiza. Produziu seus primeiros trabalhos, fruto do contato direto com a natureza.

Em 1957, conquistou o prêmio de melhor pintor nacional na Bienal de São Paulo e na Bienal de Veneza, em 1964. Na década de 60, morou em uma caverna na região de Itabirito, no interior de Minas Gerais, enquanto produzia, incessantemente suas pinturas e gravuras.

Krajcberg participa do movimento Naturalismo Integral, junto com outros nomes do cenário cultural da França, que propõe trabalhar “com”, “sobre” e “na” natureza. Mas trata-se, sobretudo, de viver em harmonia.




Direção Geral: Paula Saldanha e Roberto Werneck

Produção Executiva: Pedro S. Werneck

Coordenação de Produção: Renata Barcellos

Edição de Imagens: Daniel Abud

Imagens: Roberto Werneck e Rodrigo Serrado

Supervisão Técnica: Tiago Almeida e Daniel Abud

Música de Abertura: David Tygel

Produção: RW CINE

Coordenadoras: Adriana Miranda e Nane Martins

Coordenadora de Produção: Lili Cariello

Coordenadora de Direção e Conteúdo: Hermínia Bragança

Superintendente de Programação: Walter Silveira

Gerente Executiva de Produção: Cristina Carvalho

Diretor de Produção e Conteúdo: Rogério Brandão

Realização: TV BRASIL / RW Cine

 

Ultimas

O que vem por aí