Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Exploração de Floresta em São Tomé e Príncipe é tema de documentário

Motxi Obo (A Morte da Floresta) na TV Brasil na segunda-feira, dia 17

Motxi Obo (A Morte da Floresta) é o documentário desta semana  financiado pela CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa), e que será exibido na segunda-feira (dia 17), às 23h, na TV Brasil. Com duração de 52 minutos, o filme inédito fala sobre a exploração da floresta tropical de São Tomé e Príncipe, berço de centenas de plantas terapêuticas.

Em 1988, essa floresta foi classificada por cientistas como a segunda mais importante entre 75 florestas do África, para a conservação de aves. O documentário de Ramusel Graça e Gerson Santos foi filmado dentro do parque natural Obo São Tomé. São personagens do filme curandeiros,  madeireiros, artesãos, e também os produtores rurais que promovem a abertura de campos para agricultura. O documentário mostra ainda a vida difícil dos carvoeiros e as consequências desta produção para o ambiente e por extensão para os seres humanos.

No documentário, Maria do Céu Madureira, pesquisadora portuguesa, instalou-se nas ilhas com objetivo estudar e encontrar plantas medicinais com poderes terapêuticos que servissem para tratamento da malária, doença que deixou de ser uma das principais causa de morte nas ilhas de São Tomé e Príncipe desde 2005. Ela tem vários outros estudos comprovados e desenvolve igualmente produtos cosméticos com essências extraídas de ervas aromáticas e plantas medicinais.

Já o biólogo português Ricardo Lima desenvolve estudos no arquipélago de São Tomé e Príncipe sobre as espécies de aves que disseminam sementes e que consequentemente servem para a manutenção da floresta.

Serviço:

Motxi Obo - Segunda (dia 17), às 23h00, na TV Brasil
                      Sábado  (dia 22), às 23h30, na TV Brasil

Ultimas

O que vem por aí