Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Trilhinha: poema de Cecília Meireles

Série de interprogramas traz crianças declamando poesia

Neste episódio do Trilhinha, a estudante Geovana Irineu, 10 anos, declama o poema "A bailarina", da poetisa carioca Cecília Meireles. Nessa segunda temporada da série de interprogramas, dez estudantes da rede pública de ensino do Rio de Janeiro interpretam poemas de autores brasileiros com obras dedicadas ao público infantil.

Confira o poema "A bailarina", de Cecília Meireles:

Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina
não conhece nem dó nem ré
mas sabe ficar na ponta do pé.
não conhece nem mi nem fá
mas inclina o corpo para cá e para lá
não conhece nem lá nem si,
mas fecha os olhos e sorri.
roda, roda, roda, com os bracinhos no ar
e não fica tonta nem sai do lugar.
põe no cabelo uma estrela e um véu
e diz que caiu do céu.
esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.
mas depois esquece todas as danças,
e também quer dormir como as outras crianças.


Os estudantes da Escola Municipal Azevedo Sodré, localizada no Rio Comprido - zona norte do Rio de Janeiro - foram incentivados pela professora Fernanda Paschoal a ter contato com a literatura em sala de aula desde novinhos. 

Criado em 11/10/2019 - 10:55

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí