Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Mostra Hugo Carvana exibe “Apolônio Brasil”

O longa-metragem revisita clássicos da música popular brasileira

Uma homenagem de Hugo Carvana à música brasileira e à chanchada, o filme “Apolônio Brasil, Campeão da Alegria”  é dividido entre passado (musical) e presente (comédia). 

Apolônio Brasil (Marco Nanini) foi um pianista cultuado nas noites boêmias do Rio de Janeiro nas décadas de 50 e 60, amado pelas mulheres e invejado e adorado pelos amigos e pelo público. Atendendo ao seu último desejo, seu cérebro foi retirado de seu corpo após sua morte. 

Anos mais tarde, uma intensa disputa ocorre pelo cérebro de Apolônio envolvendo seus antigos amigos, o filho que nunca o conheceu e ainda um cientista americano, que deseja extrair dos neurônios de Apolônio o gene da alegria e, com ele, iniciar um lucrativo mercado internacional.

O cientista Dr. Boris, interpretado por José Lewgoy, reúne os amigos de Apolônio Brasil para refazer a vida do pianista. De posse do cérebro de Apolônio, Boris busca desvendar a fórmula que explica como o pianista conseguia gerar tanta alegria.

O longa-metragem revisita clássicos da música popular brasileira, como “Nossos Momentos”, de Haroldo Barbosa, e “Praça Onze”, de Herivelto Martins e Grande Otelo. A dupla Abel Silva e Suely Costa compôs a bela “Outra Vez Nunca Mais” especialmente para o filme.

Ficha Técnica
117 min
Ano: 2002
País: Brasil
Gênero: Comédia
Direção: Hugo Carvana
História original de Hugo Carvana, Argumento de Joaquim Assis e Denise Bandeira. 
Elenco: Marco Nanini (Apolônio Brasil), José Lewgoy (Dr.Boris), Louise Cardoso (Milu), Antonio Pitanga (Toninho Coice), Marcos Paulo (Antonio Paulo), entre outros.
Classificação indicativa: 16 anos

Serviço
Mostra Hugo Carvana _ Apolônio Brasil, o Campeão da Alegria, terça-feira, dia 13, às 23h45, na TV Brasil 

Da Gerência de Comunicação Institucional
Empresa Brasil de Comunicação - EBC
Contato: (21) 2117-6818

Ultimas

O que vem por aí