Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

A Era de Ouro do Rádio

Programa comemora os 90 anos do rádio nas vozes de Orlando Silva e

Musicograma

No AR em 12/09/2013 - 22:30

 

O Musicograma desta semana homenageia os noventa anos do rádio brasileiro com duas vozes que melhor representam sua fase dourada: Orlando Silva e Carlos Galhardo.

O marco zero da história do rádio no Brasil é o dia 7 de setembro de 1922, quando o país comemorou o centenário da independência com a transmissão do discurso do presidente Epitácio Pessoa. A data ficou na história, mas não na memória emocional como ocorreria 14 anos depois, quando foi inaugurada a Sociedade Rádio Nacional, a PRE-8.

A Rádio Mayrink Veiga já estava no ar dez anos antes, mas perdeu a liderança logo que a Rádio Nacional entrou no ar. A partir daí, o imaginário popular, os costumes e a cultura nunca mais seriam os mesmos. O rádio criou e manteve ídolos, e determinou o padrão das vozes que manteriam sua magia e seriam capazes de garantir sua expansão no mercado. Conscientes deste papel, os cantores e compositores, ao assinar o contrato para integrar o elenco da Nacional, sabiam que estavam assinalando seus nomes na História.

É mais fácil compreender isto através das vidas e das obras de Orlando Silva e de Carlos Galhardo, ídolos da Era de Ouro do rádio. A importância dos dois cantores pode ser avaliada pelos slogans que incorporaram aos nomes, uma prova incontestável de sucesso. O carioca Orlando Silva era o “Cantor das multidões” e o paulista Carlos Galhardo, “O cantor que dispensa adjetivos”.

Souberam honrar os fãs clubes e cantar a diversidade de uma época em que o país se assumia feliz, nas marchinhas, nas valsas, nos boleros, nos sambas que fizeram de Carlos Galhardo um recordista de vendas e de Orlando Silva um dos intérpretes mais imitados.





Criado em 03/04/2012 - 16:16 e atualizado em 11/09/2013 - 14:25

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Ultimas

O que vem por aí