Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Filhos do Cacique: Fundo de Quintal, Arlindo Cruz e Sombrinha

Bambas que são referência no mundo do samba

Fundo de Quintal - Arte: Osmério Eller Arlindo Cruz e Sombrinha - Arte: Osmério Eller

Neste sábado, o Musicograma apresenta para o telespectar ilustres filhos do famoso bloco carioca Cacique de Ramos: o grupo Fundo de Quintal e a dupla formada pelo carioca Arlindo Domingos da Cruz Filho, o Arlindo Cruz, e o paulista Montgomery Ferreira Nunis, o Sombrinha.

O Fundo de Quintal foi criado no fim dos anos 70 a partir do bloco carnavalesco Cacique de Ramos. Tornou-se uma referência no estilo original do pagode do Rio de Janeiro. Composto basicamente por sambistas da escola de samba Imperatriz Leopoldinense, o grupo teve Beth Carvalho como madrinha e se caracterizou por usar instrumentos até então pouco comuns em rodas de samba, como o banjo, o tam-tam e o repique de mão. Com vários discos gravados e Discos de Ouro e Platina, ganharam o Prêmio Sharp de música nove vezes.

Conhecido reduto de criadores e renovadores do samba carioca contemporâneo, orgulham-se de ter os nomes ligados ao Cacique de Ramos e, por extensão, ao Fundo de Quintal, os fundadores e “filhos” Almir Guineto, Jorge Aragão, Neoci, Sereno, Sombrinha, Ubirajara, Ubirany. Arlindo Cruz, Zeca Pagodinho, Leci Brandão, Luiz Carlos da Vila e Jovelina Pérola Negra, entre outros.

Arlindo Cruz e Sombrinha lançaram o primeiro CD como dupla em 1996. No ano seguinte veio o segundo disco "O Samba é a Nossa Cara". Numa apresentação deste disco em Brasília, a dupla reuniu 15 mil pessoas, uma marca nas suas apresentações em palcos abertos ou teatros.

Arlindo Cruz e Sombrinha deram novo formato aos espetáculos de samba, transformando cada apresentação num grande encontro de amigos, onde os convidados entravam e saíam como se estivessem numa quadra de samba. A dupla manteve o sucesso durante seis anos até o último show em 2002.




Criado em 13/08/2013 - 14:02 e atualizado em 21/10/2013 - 10:51

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Ultimas

O que vem por aí