Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Homenagem a Nássara

O jornalista, compositor e ilustrador criou uma das mais famosas

Musicograma

No AR em 02/02/2013 - 23:30

 Antônio NássaraAntônio Gabriel Nássara nasceu num ano estelar para a MPB: 1910. Para variar, o fim do mundo estava anunciado para maio. Naquele ano e mês, o cometa Halley faria sua segunda passagem pelo sistema solar e, como afirmavam os fatalistas e a imprensa da época, o choque com o planeta seria inevitável.

Naquele ano, ao contrário do que se esperava, o mundo não acabou e a MPB ganhou um elenco de primeira. Além de Nássara, nasceram o músico Nicolino Capia, o Capinha; o compositor Vadico; Adoniran Barbosa, Nelson Cavaquinho e Noel Rosa.

Nássara cresceu dentro daquele universo, em um período de grandes transformações tecnológicas, quando o cinema falado era a grande novidade nas rodas de conversa. O rádio se alimentava da música nascida nas ruas e a imprensa brasileira buscava a própria identidade.

Homenagem a NássaraCurioso e criativo, Nássara criou, paralela à musical, uma carreira brilhante no jornalismo gráfico. Ilustrador, diagramador, ele trabalhou em O Globo, dois anos após a fundação do jornal. Também foi responsável pela modernização gráfica em A Noite, A Hora, A Nação, Careta, O Cruzeiro, Última Hora e O Pasquim, este nos anos 60.

Observador e criador de tipos, as ilustrações e caricaturas de Nássara migraram, pouco a pouco, para sua música. Autor de mais de duzentas canções, foi parceiro dos maiores criadores da MPB. Sua música, saída diretamente das ruas, conserva este clima brejeiro. É o caso da marchinha Alá-la-ô, que junto com Ô abre alas (de Chiquinha Gonzaga) e Até quarta feira (de Paulo Soledade, Marino Pinto , Paulo Sette, Humberto Silva), compõe o trio de ouro das marchinhas carnavalescas mais populares de todos os tempos.

 

 




Criado em 21/01/2013 - 17:55 e atualizado em 18/02/2013 - 14:36

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí