Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Luiz Vieira

Cantor, compositor e radialista é referência na promoção da música

Musicograma

No AR em 13/10/2013 - 00:30

Luiz Vieira - Arte:Osmério EllerLuiz Vieira - arte: Osmério EllerQuando Luiz Vieira se mudou do Nordeste para o Rio de Janeiro, no início dos anos 1930, o país vivia sob os signos do futebol e do samba. O futebol se profissionalizava e o samba era a trilha sonora dos novos tempos, nas composições de Noel Rosa e de Lamartine Babo.

Na adolescência, no pós-Segunda Guerra, ele viu a economia brasileira trocar a Europa pelos Estados Unidos, assim como viveu as oportunidades oferecidas no rádio e, depois, na televisão. A busca de oportunidades no Rio de Janeiro, na época capital federal e ponto de chegada e de projeção para quem acreditasse no próprio talento, levou Luiz Vieira às mais diferentes atividades profissionais, até que pudesse viver da música.

Quando criança cantou em circos e parques de diversão. Foi, ainda, chofer de caminhão, motorista de táxi, guia de cego, engraxate e lapidário. Futuro parceiro de João do Vale, Luiz Vieira assinou a primeira composição aos oito anos. Um exercício quase diário que o levou ao sucesso no rádio e na televisão, como apresentador.

No rádio, seu nome está ligado à divulgação do baião no Sudeste. Na Rádio Tamoio onde passou a apresentar-se no programa "Salve o Baião", ficou conhecido como o "Príncipe do baião", posando ao lado de Luiz Vieira, o "Rei do baião"; Carmélia Alves, a "rainha"; e Claudette Soares, a "princesinha".

Em fins dos anos 1950, o artista pernambucano foi para São Paulo onde passou a atuar na Rádio e na TV Record, apresentando o programa "Encontro com Luiz Vieira", focado na diversidade da música nordestina.

Cantor, compositor, radialista e pesquisador, em 1962 Luiz Vieira compôs a bordo de um avião a canção com que o público o identifica: "Prelúdio para Ninar Gente Grande", também conhecida como "Menino Passarinho"




Criado em 25/09/2013 - 19:01 e atualizado em 26/09/2013 - 15:59

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí