Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Musicograma celebra os 80 anos de Monarco

Portelense tem uma longa e bem-sucedida trajetória no mundo do samba

Musicograma

No AR em 18/08/2013 - 00:30

Monarco - Foto: Ana Paula Migliari/TV Brasil.Monarco - Arte: Osmério EllerO sambista Monarco chega aos 80 anos de idade como um dos mais jovens integrantes da Velha Guarda da Portela, a azul e branco de Madureira. Autor de sucessos gravados por Martinho da Vila, “Tudo Menos Amor”; Paulinho da Viola, “Passado de Glória” e Clara Nunes, “Rancho da Primavera”, ele honra os grandes compositores da sua geração.

Monarco da Portela é o nome artístico do carioca Hildemar Diniz, pai do maestro Mauro Diniz e do compositor Marcos Diniz. Os filhos mantêm a tradição de Monarco e de seus parceiros da antiga, todos já falecidos: Alcides Dias; Lopes, o Malandro Histórico da Portela; Chico Santana, Manacéa, Mijinha e Candeia.

Apesar da importância no Samba, Monarco gravou pouco, mas seu talento é reconhecido na Europa, Japão e Estados Unidos. O CD, "A Voz do Samba", lançado pelo selo Kuarup, em 1995, lhe rendeu um Prêmio Sharp de melhor cantor do gênero.

Monarco defende a linha melódica dolente dos seus sambas com um argumento incontestável: “O Rio de Janeiro tem o pequeno privilégio de ser onde tudo começou, de ter criado a primeira escola, no Estácio. Aqueles grupos queriam desfilar e o falecido Ismael Silva avisou: 'Aqui vai ser para aprender, é escola de samba'. A expressão pegou. 'A música vem do coração', como disse Noel Rosa. Os momentos inspirados trazem coisas bonitas. Não adianta ensinar, música é dom que Deus dá. Uma coisa é querer, outra é ter o dom. Não há como forçar”, reflete o experiente compositor.

Em junho de 2013, Monarco ganhou o título de melhor cantor de samba no Prêmio da Música Brasileira pelo álbum: "A Soberania do Samba".




Criado em 19/07/2013 - 15:29 e atualizado em 12/09/2013 - 18:49

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Ultimas

O que vem por aí

50 anos depois, a lua ainda fascina

Caminhos da Reportagem | terça, 22h30

O grande salto: 50 anos do homem na lua