Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Sílvio Viegas escala os "maracanãs" da ópera

Maestro lista os teatros que considera como grandes palcos

No Mundo da Bola

No AR em 05/08/2019 - 22:00

No quarto e último episódio da entrevista ao repórter Sergio du Bocage, o maestro Sílvio Viegas fala da nova paixão, a corrida, que entrou na vida dele por questões de saúde. O Regente titular da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais discorda do técnico Jorge Jesus, do Flamengo, que declarou estar o futebol se tornando "chato, em que se exige silêncio como em uma ópera". Para Sílvio, o silêncio é fundamental durante a execução de uma música sinfônica porque os instrumentos não usam microfones e a som precisa alcançar todos os espaços de um teatro. "Mas o futebol não está chato, está mudando e o espectador e o jogador ainda não perceberam isso". Ele defende o uso do árbitro de vídeo, por corrigir erros num esporte que movimenta muita dinheiro. Fala de emoção de reger o Hino Nacional e lembra de quando esteve na Argentina e executou o hino durante um concerto no Dia da Pátria. Sílvio Viegas listra os teatros que considera os "maracanãs" da ópera e finaliza executando, ao piano, o hino do Atlético Mineiro, o time dele de coração.

Silvio interna parte 4
Sílvio Viegas toca o hino do Atlético Mineiro

Criado em 08/08/2019 - 12:45 e atualizado em 08/08/2019 - 12:55 Por Sergio du Bocage

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí