Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Há 69 anos João Máximo tenta uma resposta para Maracanazo

Jornalista não entende como o Brasil perdeu a Copa de 50

No Mundo da Bola

No AR em 08/09/2019 - 21:00

Aos 15 anos, João Máximo estava no Maracanã assistindo à final da Copa de 50. Desde então, ele procura uma resposta para explicar aquela derrota. Nesse quarto episódio da entrevista que deu ao repórter Sergio du Bocage, o jornalista afirma que, para o torcedor, não havia dúvidas de que o título ficaria no Brasil, principalmente em razão da campanha de Brasil e Uruguai até aquela partida. Ele lembra que a Celeste tinha enfrentado dificuldades contra Suécia e Espanha e que o Brasil havia goleado as duas seleções europeias no quadrangular final. E nosso time jogava pelo empate. João Máximo vai mais longe, ao dizer que o time uruguaio era formado por veteranos, mas faz uma ressalva e revela que, em conversa com Zizinho o craque brasileiro disse que o Uruguai estava mais bem preparado para aquela final. O jornalista fala, ainda, da dificuldade que tinha para avaliar o futebol de outros estados e de conhecer jogadores que não atuavam no Rio de Janeiro, conta histórias de Flávio Costa e garante que Barbosa, o goleiro da Seleção, não foi o responsável pela perda da Copa de 50.

JM interna 4
João Máximo e Sergio du Bocage falam da Copa de 50

Criado em 09/09/2019 - 17:45 e atualizado em 09/09/2019 - 17:50 Por Sergio du Bocage

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí