Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

João Máximo não compara futebol atual com o do passado

Para jornalista, esporte ficou apenas diferente, nem pior nem melhor

No Mundo da Bola

No AR em 29/09/2019 - 21:00

O futebol atual é diferente do futebol do passado. Para João Máximo, não é possível comparar o esporte ao longo do tempo, nem dizer se é pior ou melhor. Em mais um episódio da entrevista ao repórter Sergio du Bocage, ele diz que o amante do futebol deve gostar do esporte da forma com que ele é praticado e brinca ao dizer que existem outras modalidades para serem seguidas, por quem não concorda com as mudanças. Já o árbitro de vídeo incomoda João Máximo. Segundo ele, que confessa ter saudade do papel e não ser muito ligado em internet, o árbitro de vídeo, da forma como é utilizado no Brasil, não agrada. Ele reclama, principalmente, do tempo gasto na tomada de decisões de algumas jogadas. Outro tema da conversa foi a chegada da técnica sueca Pia Sundhoge para a seleção brasileira feminina. Será que isso vai acontecer na masculina? Para João Máximo, isso não é viável, com o calendário que o técnico da seleção brasileira encara, com pouco tempo de trabalho.Ele lembra de treinadores estrangeiros que passaram pelo futebol brasileiro, mas diz que isso só aconteceu porque tiveram tempo de trabalho nos clubes que dirigiram.

JMaximo I12
João Máximo gosta do futebol atual, como gostava do do passado

Criado em 30/09/2019 - 19:10 Por Sergio du Bocage

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí