Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

João Máximo garante que a paixão pelo futebol não vai acabar

Jornalista diz que até hoje se emociona vendo jogos na TV

No Mundo da Bola

No AR em 29/09/2019 - 21:00

No último episódio da entrevista ao repórter Sergio du Bocage, o jornalista João Máximo reconhece que a seleção brasileira está se tornando apenas um time de futebol, sem vinculação maior com o torcedor. Ele diz que, historicamente, o brasileiro torce por seu clube de coração - diz que esse sentimento é ainda maior entre os paulistas -, e que, de acordo com João Saldanha, o "futebol de seleção" vai acabar. João Máximo cita o interesse da Fifa em promover, cada vez mais, torneios entre clubes e diz que isso o preocupa, em razão de fazer com que os de menor investimento não tenham como resistir  acabem por deixarem de existir. Sobre Neymar, o jornalista faz elogios, mas diz que a camisa 10 não tem mais a mesma mística e que deveria ser utilizada por qualquer jogador da atual seleção. Por ter vivido as duas derrotas do Brasil em Copas realizadas aqui no país, João Máximo vê diferenças; em 50, foi doída; em 2014, humilhante. Ele lembra da volta para casa, depois da derrota para o Uruguai na final e finaliza garantindo que os sentimentos que marcam um jogo de futebol não vão deixar de existir, mesmo o esporte sendo muito diferente do que era visto no passado. Vale a pena conferir

JMaximo I13
João Máximo conversou com Sergio du Bocage e entrou "No Álbum da Bola"

Criado em 30/09/2019 - 16:05 Por Sergio du Bocage

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí