Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Jorginho lamenta a derrota na Copa de 2010

E fala da dificuldade de ser técnico de futebol no Brasil

No Mundo da Bola

No AR em 20/10/2019 - 21:00

Em mais um episódio da entrevista ao repórter Sergio du Bocage, o ex-jogador Jorginho lembra da derrota e consequente eliminação na Copa de 2010. Ele reconhece que a seleção teve dois momentos de desatenção, que não deviam ter acontecido em uma equipe tão experiente.  Ele lembra que a Bélgica, surpreendeu a seleção e soube aproveitar dois lances de bola parada para ganhar o jogo. Para Jorginho, a atuação do Brasil foi superior e o time deveria ter saído com a vitória, mas a expulsão de Felipe Mello foi um complicador a mais. Jorginho fala, também, de como é difícil ser técnico no Brasil, pela falta de estabilidade e de problemas com pagamentos para os que são demitidos. Ele fala da pressão que não acontece mais apenas nos estádios, mas também nas redes sociais, onde, segundo ele, há "outros interesses". A pressão é grande e ele cita Thiago Nunes, ainda em início de profissão, mas que confessou já estar esgotado. Por fim, Jorginho defende a aprovação da Lei Caio Júnior, que obrigaria os clubes a quitarem todos os débitos com cada treinador demitido, antes de contratar outro.

Jorginho I6
Jorginho lembra que houve desatenção no primeiro gol da Bélgica, em 2010

Criado em 20/10/2019 - 23:00 Por Sergio du Bocage

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí