Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Arnaldo conta como guardou a bola da final da Copa de 1982

E conta história divertida com o amigo Evaristo de Macêdo

No Mundo da Bola

No AR em 22/12/2019 - 21:00

Em mais um episódio da entrevista ao repórter Sergio du Bocage, Arnaldo Cezar Coelho fala como foi apitar uma Copa do Mundo em que o Brasil era candidato a chegar à final, da mesma forma que ele. Ele revela que, na cabeça do árbitro os sentimentos precisam estar divididos. E que ele deve estar preparado para, de uma hora para outra, se transformar em um turista. Arnaldo lembra que, em 82, avisou à mulher para não viajar, pois a eliminação do Brasil o aproximou da decisão. Ele ressalta o trabalho de Romualdo Arpi Filho, na final da Copa de 86 e confessa que só se deu conta da responsabilidade de apitar uma decisão mundial quando voltou ao Brasil. Ele lembra de quando apitou a final do Mundial Sub-20, em 1981, partida disputada entre a Alemanha e o Qatar, à época dirigido pelo brasileiro Evaristo de Macêdo. E, é claro, que tem história para contar sobre esse momento. Arnaldo também conta como fez para ficar com a bola da decisão de Copa que apitou em 1982.

Arnaldo I6
Arnaldo lembra, bem-humorado, de conselhos dados pelo jornalista Washington Rodrigues

Criado em 23/12/2019 - 08:30 Por Sergio du Bocage

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí