Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Série debate o poder das palavras e orações a partir de várias crenças religiosas

Entre o Céu e a Terra promove diálogo inter-religioso e valores como

Mantras, rezas, diálogos com divindades: o poder da palavra e seu uso para conexão com o divino inspiram o episódio da série Entre o Céu e a Terra desta sexta (21), às 22h, na TV Brasil. A produção aborda o poder motivacional dos discursos, as profecias, as maldições, a palavra mágica e a confiança que os fiéis depositam no que falam, nas palavras dos outros e nas escrituras sagradas.

 

O formato de Entre o Céu e a Terra combina documentário na forma de entrevistas com líderes de diversas crenças e ficção com uma trama de dramaturgia. O biólogo e professor Alberto é observador dos fenômenos da vida e do comportamento Pai de Alice, o educador começa a indagar-se sobre questões comuns aos homens e mulheres de todos os tempos como a origem do mundo, o que é deus, qual é o sentido da existência, porque ajudarmos os outros, porque nos organizamos em famílias e outras tantas reflexões.

 

Segundo a psicanálise, é a palavra que nos constitui como seres humanos. A própria história da humanidade demonstra que foi graças a linguagem que o ser humano passou a reconhecer-se, construir memórias e entender o tempo. Só através dela que podemos nos definir, nos compreender e entender o mundo a nossa volta.

 

Quando começamos a falar, nos primórdios da humanidade, os seres humanos usavam as palavras com intenções mágicas, sobrenaturais. Elas poderiam amaldiçoar ou abençoar, prever o futuro, motivar ou destruir. Somos talhados nesta crença de que a palavra além de indicar a coisa a qual se refere pode, muitas vezes, convocar aquela própria coisa.

 

Este episódio de Entre o Céu e a Terra discute a importância da palavra – oral e escrita e serão apresentados os mantras, as orações, as rezas, as conversas com as divindades que são a base de muitas religiões. As orações podem ser individuais ou comunitárias; as rezas são públicas ou particulares; os mantras podem ser recitados ou cantados; ora-se a um Deus ou Deusa, a um espírito ou pessoa falecida; em benefício próprio ou de outrem. São inúmeras as formas de uma mesma intenção: se comunicar com o divino.

 

E as divindades respondem a humanidade que organiza essas conversas em textos e livros sagrados, ou em cantos ritualísticos ou mesmo em mantras e palavras de força espiritual. Assim, serão apresentados os livros e textos sagrados para as mais diversas crenças; suas origens, modificações históricas, traduções e interpretações.

 

Serviço:
Entre o Céu e a Terra – sexta-feira (21), às 22h, na TV Brasil.
Entre o Céu e a Terra – domingo (23), às 13h, na TV Brasil.

Ultimas

O que vem por aí