Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Nova Amazônia investiga o encontro das águas dos rios Negro e Solimões

O Nova Amazônia embarca em uma expedição através da história, cultura,

Nova Amazônia

No AR em 20/03/2015 - 20:30

Encontro das águasÉ próximo ao leito dos rios que as comunidades se agasalham, se desenvolvem e reproduzem. Ao redor daquele encontro (dos rios Negro e Solimões), se misturam e se misturaram um resumo do que é a região. O símbolo, maior cartão postal de Manaus"Ennio Candotti, Museu da Amazônia. Ao longo de mais de dez quilômetros, a fluidez escura e serena do rio Negro e as correntes barrentas e turbulentas do rio Solimões se encontram e dançam lado a lado, sem se misturar. Quando finalmente se misturam, formam o Amazonas; símbolo maior da vida de uma floresta que nasceu das águas. Qual o segredo desse encontro? O que o Negro e o Solimões guardam em seu interior, em suas margens, em sua história? Em um diálogo aberto com pesquisadores de diferentes áreas, vamos buscar respostas para o fenômeno - e mostrar que, mais que um cartão-postal, os dois rios representam um encontro de muitos encontros: animais e plantas que vivem em seu entorno e revelam uma relação direta e curiosa com a mistura das águas; vestígios de civilizações que atestam a presença humana na Amazônia há mais de nove mil anos - muito antes do que os cientistas pensavam até então - e lendas que traduzem a essência da formação e do modo de vida dos povos da região.

 

 




Ficha técnica:

Direção: André Marques
Apresentação: Barbarah Israel

Criado em 14/01/2014 - 17:24 e atualizado em 17/03/2015 - 09:32

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí