Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Conheça o Carnaval de Angola

Os angolanos são amantes do carnaval e a festa se assemelha muito à brasileira, pois o costume também foi introduzido pelos europeus. Mas em Angola não há frevo nem samba, o carnaval é marcado por danças típicas de cada região.

Em Luanda e nas 17 províncias, em vez das escolas de samba, os diferentes grupos carnavalescos desfilam com os trajes tradicionais, batuques, reco-recos, marimba e ao som do apito. Predominam nas fantasias dos grupos as cores amarela, vermelha e preta, que estão presentes na bandeira de Angola.

Como no Brasil, o carnaval é derivado das brincadeiras de entrudo português e tem seu ponto alto nos desfiles de carros alegóricos e de grupos de dança na Marginal de Luanda – Avenida 4 de Fevereiro.

Na capital, ocorrem as manifestações carnavalescas de maior importância, com desfiles das agremiações. Temas sociopolíticos, situações sociais e personalidades viram caricaturas no carnaval angolano.

O país tem diversos estilos musicais, como o merengue angolano, kazukuta, Kilampa e semba. Mas o ritmo preferido no carnaval é o semba, que partilha raízes com o samba, e é antecessor da kizomba e do kuduro.

Os primeiros registros do carnaval de Angola são de 1857, referência à festa popular dos Kimbundus. No entanto, foi em 1978 que virou tradição, passando a ser um evento anual.

Fontes: (Turminha do MPF - Agência Brasil, Governo Provincial de Luanda, Embaixada de Angola em Marrocos, Comissão Provincial preparatória do Carnaval de Luanda)

 

Leia também:

Oportunidades e proximidade cultural atraem brasileiros para Angola
Entrevista com Edusa Chindecasse, a Luena Voss de Windeck
Influência de Angola é vista em vários traços culturais do brasileiro
Brasil e Angola firmam acordo para facilitar concessão de visto
Assumir a orientação sexual ainda é desafio para os homossexuais

 




Criado em 13/02/2015 - 20:25 e atualizado em 14/02/2015 - 18:54

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Ultimas

O que vem por aí