Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Entrevista com o escritor Luiz Alfredo Garcia-Roza

Alberto Dines entrevista o escritor Luiz Alfredo Garcia-Roza

Observatório da Imprensa

No AR em 29/01/2016 - 01:00

Em entrevista ao Observatório da Imprensa, o escritor Luiz Alfredo Garcia-Roza declarou que “a literatura policial no Brasil entrou pela porta dos fundos, está na cozinha e ainda não chegou na sala de estar”. Porém, o programa tratou mais de filosofia do que de crimes e mistério.
Psicanalista e autor de 11 romances policiais, ele discorreu sobre o sentido da morte nas obras do gênero: “o próprio homem que mata não sabe o porquê, o que move o indivíduo, às vezes, é o inescrutável”. Professor Emérito da UFRJ, Garcia-Roza estreou na literatura aos 60 anos e já começou ganhando os prêmios Jabuti e Nestlé na categoria romance. Suas histórias têm o Rio e, principalmente, Copacabana como cenário para os crimes e seus personagens têm personalidades bem exploradas pelo autor. Seu detetive, o agora delegado Espinoza, virou tema da série de sucesso do canal a cabo GNT . Ele é inspirado no filósofo do século XVII Baruch Spinoza, mas no caso do policial “é um homem comum, um funcionário público que tem o direito de ser honesto e incorruptível”, como o define Garcia-Roza.




Criado em 28/01/2016 - 09:39 e atualizado em 18/02/2016 - 21:18

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí