Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Especial Eliane Coelho e Gustavo Carvalho

Prestigiosa soprano apresenta recital ao lado do pianista

Partituras

No AR em 24/12/2017 - 12:00

Este Partituras de Natal recebe a prestigiosa soprano Eliane Coelho, que apresenta um recital com Lieder de Hugo Wolf ao lado do pianista Gustavo Carvalho.

Eliane Coelho
Soprano Eliane Coelho - Antonio Guerreiro/Divulgação

Carioca, Eliane Coelho diplomou-se na Alemanha, onde começou sua brilhante carreira. Em 1991 foi contratada para a Ópera de Viena, na qual, em 1998, recebeu o título de Kammersängerin. Protagonizou numerosos papeis dos quais se destacam Maria Stuarda, Arabella, Tosca, Butterly, Lady Macbeth, Aida, Desdemona, Elena (I Vespri Siciliani), Abigaille (Nabucco), Helene (Jerusalem), Elisabeth (Don Carlo), Leonora, (O Trovador). Seu papel-título mais marcante e internacionalmente elogiado é a Salome, de R. Strauss.

Cantou sob a regência do Sr. Colin Davis, Peter Schneider, Donald Runickels e Zubin Mehta, entre outros. Apresentou-se em teatros como Scala, Bastille, San Carlo, Nationaltheater München, Semperoper Dresden, em várias cidades, tais como Berlim, São Petersburgo e Tóquio, ao lado de artistas como Bruson, Terkel, Nucci, Domingo, Carreras, Pavarotti, Furlanetto, Samuel Ramey. Nos últimos anos acrescentou com êxito ao seu vasto repertório Gioconda, Lucrezia (I due Foscar), Lady Macbeth de Mtsensk, Isolda e Brunnhilde (A Valquíria e O Crepúscuo dos Deuses). Obteve ainda consagrador sucesso como Sacristana (Kostelnicka) na ópera Jenufa, de Janacek, apresentada na atual temporada no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

Pianista Gustavo Carvalho
Pianista Gustavo Carvalho - Elena Ignatyeva/Divulgação

O pianista Gustavo Carvalho é apontado como um dos músicos mais promissores de sua geração pela revista francesa “Le Monde de la Musique”. Iniciou sua carreira musical aos 12 anos. Foi aluno de Eliso Virsaladze no Conservatório Tchaikovsky de Moscou e vencedor do II concurso Nelson Freire para Jovens Solistas no Rio de Janeiro. Colaborou com inúmeros artistas e aparece frequentemente como camerista e solista em concertos no Brasil e na Europa. É fundador e diretor artístico do Festival Artes Vertentes, em Tiradentes, e desde 2012 integra a direção artística do Zeitkunst Festival, em Berlim.

Ultimas

O que vem por aí