Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Piano, violino e violoncelo do Trio Arqué dão o tom do Partituras

Grupo apresenta composições de Guerra Peixe e Francisco Mignone

“Arqué” foi o termo dado por filósofos da Grécia antiga para um elemento que seria comum todas as coisas do mundo, a todo momento. Essa ideia de união inspirou os músicos do Trio Arqué, que colocaram juntos dois grandes compositores brasileiros: Francisco Mignone e César Guerra-Peixe. E ao lado deles, está o majestoso Trio para Piano em Lá menor, única peça composta por Tchaikovsky para piano, violino e violoncelo.

“O Trio Arqué sempre teve uma atenção especial para a música brasileira”, revela o violinista Emmanuele Baldini. “Ao mesmo tempo em que fazemos a divulgação da música (do Brasil), existe um trabalho de descoberta pessoal que nos faz sentir muito enriquecidos.”

Composto por Emmanuele Baldini (violino), Heloisa Meirelles (violoncelo) e Horácio Gouveia (piano), o trio interpreta “Canção Sertaneja”, de Francisco Mignone, "Trio", de César Guerra-Peixe e "Trio Op. 50 em Lá Menor", considerada uma das mais marcantes composições da música de câmara ocidental.

A junção de uma obra internacional com dois grandes compositores brasileiros resultou na apresentação inédita que o programa Partituras traz no domingo, dia 3 de setembro, ao meio dia.

Serviço:

Partituras com Trio Arqué

Domingo, 3 de setembro, ao meio dia, na TV Brasil.

Ultimas

O que vem por aí