Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Autismo

Profissionais contam o trabalho que desenvolvem com crianças autistas

Programa Especial

No AR em 09/12/2017 - 12:00

No Programa Especial desta semana, o assunto é autismo. Nossa equipe foi acompanhar as aulas do educador físico Rodrigo Brívio, que desenvolve um trabalho de ginástica artística voltado para crianças do espectro autista. Ele explica como o esporte pode ser fundamental para o desenvolvimento de pessoas que têm autismo, por trabalhar fundamentos básicos no processo de desenvolvimento de qualquer indivíduo: força, flexibilidade, agilidade e velocidade.

Descrição: Em uma sala de ginástica, Rodrigo Brívio está sentado em um colchão amarelo. À direita dele, grandes objetos acolchoados coloridos.
Descrição: Em uma sala de ginástica, Rodrigo Brívio está sentado em um colchão amarelo. À direita dele, grandes objetos acolchoados coloridos. - Divulgação

Também conversamos com a psicóloga clínica Cinthia Monique, que trabalha como coach de crianças do transtorno do espectro autista. Ela apresenta os métodos do trabalho que desenvolve com pessoas autistas e sobre as particularidades de cada um deles.

No quadro "Paralímpicos", conhecemos a atleta velocista Alice Corrêa, que é deficiente visual. Ela corre 100 e 200 metros e conta sua trajetória até se tornar atleta, das competições conquistadas desde quando começou a competir, em 2011, e da sensação de ganhar a primeira medalha.

Descrição: Em uma pista de atletismo,  Diogo e Alice estão correndo juntos, lado a lado. Os dois estão com uma faixa preta de velcro envolvendo os dois braços que se encostam.
Descrição: Em uma pista de atletismo, o guia Diogo Cardoso e a atleta paralímpica Alice Corrêa estão correndo juntos, lado a lado. Os dois estão com uma faixa preta de velcro envolvendo os dois braços que se encostam. - Divulgação

 

Tags:  Autismo

Criado em 07/12/2017 - 12:20

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí