Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Adolescência: entre o medo e a autonomia

Programa Especial conversa com adolescentes com deficiência e seus

Programa Especial

No AR em 29/03/2017 - 09:00

Felipe pratica sua "arte" em uma pista de skate, em Curitiba.Lucas 18 anos, tem paralisia cerebral e quer ser jornalista. De acordo com a avó, Miriam Soares, a paixão do Lucas por futebol é antiga, o que justifica seu desejo de ser jornalista esportivo.

Em Curitiba, a equipe entrevista o skatista Felipe, de 16 anos. Aos 13, Felipe ganhou seu primeiro skate, que se tornou seu principal instrumento de locomoção, no lugar da cadeira de rodas. Dali, começou a frequentar as pistas com os “piás” de Curitiba e a praticar o skate como esporte.
“O skate me proporcionou muita coisa, eu evoluí muito depois que comecei a focar mais no skate, já comecei a ter uma visão diferente da vida e as pessoas começaram a me ver com outros olhos”, conta. “Eu não quero que as pessoas me vejam como um coitado, eu quero mostrar que nada tem limite, quero andar de skate o máximo possível!”

Xico tem 15 anos, é estudante e tem síndrome de Down. Para sua mãe, Lais Pimentel, a transição de Xico da infância para a adolescência traz todas as alegrias e aborrecimentos típicos dessa fase. “O adolescente é um ser em transformação intensa. E não é só ele, quem está em volta também está sentindo tudo isso”, afirma Lais. “Amo ser mãe de adolescente. Eu voltei a ter muito da minha liberdade. Você tem que ter um equilíbrio entre a sua paranoia e o seu medo, e o desejo de autonomia dele.”

Apresentação: Juliana Oliveira
Direção: Angela Reiniger
Reportagem: Fernanda Honorato e Zé Luis Pacheco
Produção: Ricardo Petracca

 




Ultimas

O que vem por aí