Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Recordar é TV resgata entrevistas do bamba Jorge Aragão

Emissora exibe participações do sambista em programas da TVE/RJ

No encerramento da programação especial da Semana da Consciência Negra, a TV Brasil homenageia o cantor e compositor Jorge Aragão neste sábado (22), às 23h. O programa Recordar é TV recupera do acervo preservado pela emissora as produções "Raiz e Flor" (1990) e "A vida é um show" (2003), transmitidas originalmente pela TV Educativa do Rio de Janeiro.

Nesses programas históricos, o sambista é entrevistado com maestria por ninguém menos que o showman Luiz Carlos Miele. Na pauta, o músico aborda seus maiores sucessos e a criação do Fundo de Quintal. Durante o papo, entre uma história e outra, Jorge Aragão canta hits que marcaram época como "Malandro", "Coisa de Pele", "Raiz e Flor" e "Vou Festejar".

O Recordar é TV traça um panorama sobre a vida e a obra do bamba que comemorou 70 anos em 2019. Ele fala da infância no subúrbio do Rio de Janeiro, nos bairros de Cascadura e Padre Miguel. Jorge Aragão lembra do início da carreira no universo da música, conta como conheceu o bloco Cacique de Ramos e destaca o surgimento do icônico grupo Fundo de Quintal.

O artista ratifica a importância da madrinha do samba, Beth Carvalho, referência para a geração de músicos que surgiu nos anos 1980. A conversa de Miele com Jorge Aragão também aborda aspectos do gênero que conquistou o país.

Com sua voz característica, o cantor soltou o verbo e conseguiu traduzir em palavras os sentimentos mais profundos. Jorge Aragão foi pioneiro entre a geração de sambistas lançados durante a década de 1980, direto do bloco Cacique de Ramos, celeiro de bambas como Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz, Almir Guineto, Sombrinha e a turma do grupo Fundo de Quintal.

Além de presentear o público com performances primorosas de suas grandes composições, Jorge Aragão recorda a origem de músicas do seu vasto repertório. Entre as curiosidades que o Recordar é TV apresenta estão o encanto de Elza Soares por "Malandro" e a história sobre como a música "Coisinha do Pai" foi parar em Marte.

Autor de clássicos do samba como "Moleque Atrevido", "Mutirão de Amor", "Papel de Pão", "Eu e Você sempre", "Identidade", "Lucidez", "Já é", "Falsa Consideração" e "Abuso de Poder", Jorge Aragão acaba de lançar o single "A possibilidade", em parceria com Xande de Pilares. A música é seu mais recente samba inédito na própria voz, o primeiro nos últimos 12 anos.

Edições temáticas e tributos no Recordar é TV

O Recordar é TV leva ao telespectador conteúdos que representam momentos importantes da memória da televisão brasileira a partir de material conservado no acervo da emissora pública com os registros feitos na época da TVE do Rio de Janeiro.

Shows, programas de auditório, grandes entrevistas, matérias jornalísticas marcantes, musicais e peças de teledramaturgia serão revisitados em nova roupagem pela atração da TV Brasil.

O objetivo é tornar esses vídeos de acervo atraentes ao grande público e alvo da curiosidade daqueles que se interessam pela história das mídias como um dos expoentes da cultura nacional.

Durante a Semana da Consciência Negra, a emissora pública selecionou edições especiais do programa para homenagear personalidades como o saudoso percussionista pernambucano Naná Vasconcelos e o sambista Nelson Sargento, veterano do Carnaval.

O Recordar é TV também vai ao ar em horários alternativos na programação da TV Brasil. As produções históricas que resgatam o arquivo do canal estão no site da emissora pública no endereço http://tvbrasil.ebc.com.br/recordaretv.

Esses conteúdos raros preservados no vasto acervo da emissora pública ainda podem ser acompanhados no aplicativo EBC Play, disponível nas versões Android, iOS e no site http://play.ebc.com.br.

Serviço:
Recordar é TV – sexta-feira, dia 22/11, às 23h, na TV Brasil.
Recordar é TV – aplicativo EBC Play, disponível para Android, iOS e no site http://play.ebc.com.br

Da Gerência de Comunicação Institucional
Empresa Brasil de Comunicação - EBC
Contato: (21) 2117-6471 / (21) 2117-6239

Criado em 21/11/2019 - 12:45 e atualizado em 21/11/2019 - 12:45

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí