Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Quase 30% dos atingidos pela lama da Samarco sofrem de depressão

O percentual é cinco vezes maior que no resto da população do país

Mais de dois anos após o rompimento da barragem da mineradora Samarco, em Mariana, a depressão entre os atingidos pela lama chamou a atenção dos pesquisadores.

Um estudo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) mostra que quase 30% dos atingidos sofrem com a doença. O percentual é cinco vezes maior que no resto da população do país. As principais vítimas são as crianças.

 

Ultimas

O que vem por aí