Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Caso Marielle: Justiça ordena que ex-PM siga preso em segurança máxima

Orlando de Curicica está provisioriamente em Bangu I

Repórter Brasil

No AR em 15/05/2018 - 09:30

A Justiça do Rio de Janeiro ordenou a transferência do ex-PM Orlando de Araújo, conhecido como Orlando de Curicica, para um presídio federal de segurança máxima. Ele e o vereador Marcelo Siciliano foram acusados por uma testemunha de terem mandado matar a vereadora Marielle Franco. Os dois negam as acusações. O Departamento Penitenciário Nacional ainda não decidiu para qual presídio Orlando será levado. Por enquanto, ele fica provisioriamente em Bangu I, na zona oeste do Rio. 

O ministério público afirmou que a transferência do ex-PM pode impedir a ação dele em eventuais associações criminosas. Segundo informações da Secretaria de Estado de Segurança, Orlando é apontado como principal líder do grupo criminoso "Milícia de Jacarepaguá". Ele está preso por porte ilegal de arma de fogo e de munição de uso restrito. E também já foi condenado por crimes de roubo e responde a processo por organização criminosa armada e homicídio qualificado.

O assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes completou dois meses. Protestos tomaram as ruas do Rio de Janeiro exigindo respostas. Até agora, informações foram vazadas, simulações foram feitas, mas não houve nenhum esclarecimento oficial por parte da polícia. 

Criado em 15/05/2018 - 12:35 Por TV Brasil

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Ultimas

O que vem por aí