Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Chefe de gabinete da intervenção federal no Rio deixa o cargo

O pedido foi apresentado em um evento no Rio, nesta quarta-feira (13)

Repórter Brasil

No AR em 14/06/2018 - 09:30

O general Mauro Sinott Lopes era o braço direito do general Braga Netto, que comanda a intervenção federal na segurança do Rio. O general Paulo Roberto De Oliveira, atual chefe do estado-maior do Comando Militar do Leste, assume no lugar dele.

A saída do general Sinott já estava prevista, de acordo com o Comando Militar do Leste, e aconteceria em março, porque ele foi nomeado para um comando no Rio Grande do Sul. A saída foi adiada, a pedido de Braga Netto, até que o plano estratégico ficasse pronto.

 Tribunal de Contas da União autorizou o interventor a fazer contratações sem licitação, desde que comprovada a urgência e a ligação com a área da intervenção. A decisão foi em resposta a um questionamento do próprio general Braga Netto, que alegou haver limitação de equipamentos e descontinuidade dos serviços. Ao todo, R$1,2 bilhão foram disponibilizados pelo governo Federal para uso da intervenção, que vai até dezembro.

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Criado em 14/06/2018 - 09:30

Ultimas

O que vem por aí