Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Mobilização no Rio cobra respostas para assassinato de Marielle Franco

Depois de 5 meses do crime, responsáveis ainda não foram identificados

Repórter Brasil

No AR em 14/08/2018 - 09:30

Nesta terça-feira (14), às vésperas do período de campanha eleitoral, representantes da Anistia Internacional cobram respostas, por meio da entrega de ofícios para autoridades estaduais e federais.

O documento será entregue na Secretaria de Segurança Pública do Estado ao responsável pela pasta, general Richard Nunes, mas são documentos endereçados também a outras autoridades como o interventor, general Braga Netto, e o ministro da Justiça, Torquato Jardim.

O grupo faz um apelo para que as autoridades e instituições do Sistema de Justiça criminal não coloquem de lado as investigações por causa da corrida eleitoral. Marielle Franco foi a 5ª vereadora mais votada no Rio e foi assassinada em pleno exercício do mandato.

A Anistia também cobra que seja estabelecido um mecanismo externo de monitoramento das investigações, formado por especialistas.

 

Criado em 14/08/2018 - 09:30

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Ultimas

O que vem por aí