Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Duzentos anos de história se perdem no incêndio do Museu Nacional

Na lista estão múmias, objetos de civilizações indígenas e catálogos

Repórter Brasil

No AR em 03/09/2018 - 09:30

São duzentos anos de pesquisas e milhares de anos de história perdidos, nas coleções de valor incalculável que eram guardadas no Museu Nacional do Rio de Janeiro. A instituição abrigava peças como Luzia, o mais antigo fóssil humano encontrado nas américas. Múmias egípcias, objetos de civilizações indígenas, catálogos de animais e plantas, documentos e obras de arte, tudo isso estava no palácio que foi residência da família imperial brasileira, até a proclamação da República.

Os bombeiros levaram oito horas para controlar o incêndio. 

Criado em 03/09/2018 - 14:35 Por TV Brasil

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Ultimas

O que vem por aí