Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Incêndio em prédio que desabou foi causado por curto-circuito

Fogo começou em um cômodo que ficava no quinto andar do prédio

Repórter São Paulo

No AR em 03/05/2018 - 17:15

A informação foi dada pelo secretário de Segurança Publica, Mágino Alves. O fogo teria começado em um cômodo no quinto andar do edifício Wilton Paes de Almeida. O curto-circuito aconteceu em uma tomada onde estavam ligados um microondas, uma geladeira e uma televisão. Uma família de quatro pessoas morava nesse local: uma criança está internada em estado grave e um homem teve dois terços do corpo queimado. Quinze moradores do prédio já foram ouvidos pela Polícia Civil.

Veja também:

- Quarenta e oito horas depois do desabamento, os bombeiros mudaram a estratégia de trabalho no local do desabamento no Largo do Paissandu, no centro da capital. Máquinas pesadas passaram a ser usadas para retirada dos escombros;

- Nas redes sociais, ex-moradores afirmam que o prédio tinha "precariedades horrendas";

- A cineasta Denise Smekol, filha de Roger Smekhol – o engenheiro que construiu o prédio que desabou – conversou com o Repórter São Paulo sobre a tragédia: “foi um baque”;

- Falta de manutenção transformou o prédio em uma armadilha. Laudo da prefeitura mostrou que as divisórias eram feitas de madeirite, a energia elétrica era clandestina e a rede de água foi feita no improviso;

Criado em 03/05/2018 - 20:45

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí